quinta-feira, fevereiro 01, 2007

Ponte Romana


Muito próximo do local onde o Ribeiro do Furadouro se junta com a Ribeira da Asseca encontra-se o Castro da Briouta. Nota-se ainda fragmentos dispersos de cerâmica Romana. O Ribeiro do Furadouro corta dois elevados montes e junto ao Pego encontra-se a Casa da Moura, uma misteriosa construção antiga, certamente relacionada com o aproveitamento das águas. Também há alguns anos na Mourinha, foi descoberta uma sepultura onde se encontrou metade de uma arcada de ouro. Pensa-se que seja da época Romana. Na herdade de Marinela de Baixo foram descobertas sepulturas, uma delas tinha uma campa de mármore e à cabeceira um punhal enferrujado.

In Site de São Romão

É neste local que se encontra também a Ponte Romana, que está integrada na estrada que ligava Ebora (Évora) – Emérita Augusta (Mérida), e que passava perto da actual aldeia de São Romão. Esta via data do século I a.c., pelo que a datação da ponte não será certamente diferente. Assim, e como se pode ler acima, esta ponte servia não só o Castro da Briouta, mas assim como dois ribeiros, servindo também de elo ao Rio Guadiana. Este castro, em conjunto, com um outro castro que se pensa ter existido no local onde está o Castelo de Vila Viçosa, poderão ter sido de extrema importância para a defesa desta zona raiana e da importante ponte da Ribeira da Asseca.

Nuno Faritas Lobo


Para votar na Ponte Romana envie um e-mail para orestaurador@gmail.com ou terrasdemarmore@sapo.pt

1 comentário:

s.romao disse...

VOTEM NA PONTE ROMANA